Composição nos tons azuis, branco, vermelhos, terras, verdes, violeta, preto e ocre. Textura lisa. Cena representando três músicos fazendo serenata, ocupando quase a totalidade da composição. Os homens usam ternos brancos, camisas e gravatas coloridas, meias com listras horizontais e sapatos de bico fino brancos. O músico à esquerda está sentado em caixote de madeira, de frente, tocando violão. Ele está com a cabeça levemente abaixada e usa chapéu claro de abas, cobrindo-lhe o rosto até a altura do nariz, lábios fechados, usa camisa azul, gravata e meias em tons azuis e vermelhos. O músico do centro está em pé, tocando flauta, que está para a esquerda, tem o rosto de frente, corpo ligeiramente voltado para a esquerda, traços fisionômicos definidos, usa camisa em tons verdes, gravata violeta, meias em azul e preto. O músico à esquerda está em pé de frente, tocando trompete, com a cabeça levemente inclinada para a direita, corpo para a esquerda, usa chapéu de palha com abas, tem traços fisionômicos definidos, usa camisa em tons azuis, gravata em tons vermelhos e azuis e meias em tons azuis e preto. Fundo geometrizado, com faixa de chão em tons vermelhos, e fundo em tons azuis, com retângulo mais escuro à esquerda, sobressaindo lua.

Serenata  1925 Candido Portinari

Detalhes

  • Título: Serenata
  • Data: 1959
  • Local de criação: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Dimensões físicas: 115 x 173cm sem moldura
  • Técnica: óleo
  • Tema: Social: Tipos étnicos: Negro, Cultura Brasileira: Músicos: Banda de músicos, Clarinetista, Flautista, Violonista, Figura Humana: Grupo:Homens
  • Número: FCO 4671
  • Catalogue Raisonné: CR-4460
  • Assinatura: Sem assinatura e sem data

Até mais!

Equipe Tête-à-Tête