O crioulo é uma raça originária da cruza de sangue andaluz e berbere, introduzidos no sul do continente, hoje Rio Grande do Sul, por espanhóis aventureiros e padres jesuítas nos primeiros anos após o descobrimento do Brasil. Após as campanhas e guerras na região nesse período colonial os animais se perderam e passaram a se criar livremente nas planícies do pampa, vivendo em estado selvagem por cerca de quatro séculos. Nesse período, as duras condições do clima acabaram criando, através da seleção natural, uma raça extremamente resistente a alta amplitude térmica, quanto à seca e à falta de alimento. Normalmente eram criados livres, em grandes pastos, e quando chegavam à idade adulta eram laçados e domados.

Até mais!

Equipe Tête-à-Tête