Ella Fitzgerald foi uma cantora apreciada especialmente por sua voz clara e suave. Por causa de seu grande talento, era conhecida como Primeira Dama da Canção e Primeira Dama do Jazz. Ao longo de seus sessenta anos de carreira, ela se tornou uma lenda no mundo todo.

Infância e juventude 

Ella Fitzgerald nasceu em 25 de abril de 1917, em Newport News, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, mas viveu a maior parte da infância em Yonkers, no estado de Nova York. Ainda jovem, passou por dificuldades: seu pai abandonou a família quando ela era criança, e a mãe morreu quando ela era adolescente. No entanto, assim como os pais, Ella amava música. Além de cantar, a jovem fazia aulas de  piano. Sua grande oportunidade veio em 1934, quando ela ganhou um concurso de talentos no Apollo Theater, no Harlem, um bairro de Nova York. A partir daí, passou a fazer parte da banda de Chick Webb, um músico de jazz que tinha um conjunto de sucesso na época.

Carreira 

Em 1938, Fitzgerald gravou uma música baseada na rima infantil “A-Tisket, A-Tasket”, bastante conhecida nos Estados Unidos. Essa gravação vendeu mais de um milhão de cópias, e Fitzgerald ficou famosa. Durante a década de 1940, ela viajou pelos Estados Unidos, fazendo shows com um popular grupo de jazz. Também se apresentou em outros países, logo se tornando uma estrela internacional. Sua rara habilidade de transitar facilmente entre notas altas e baixas fazia grande sucesso entre o público. Ela também se tornou mestre no scat, que é uma maneira de usar a voz como se fosse um instrumento musical, cantando sílabas avulsas em vez de palavras.

Fitzgerald, Ella
show em 1974

Nos anos 1950, Fitzgerald começou a gravar uma série conhecida como Songbooks, dedicada ao trabalho de compositores norte-americanos famosos. Em um dos discos, ela cantou músicas dos irmãos Ira e George Gershwin. Conta-se que, ao ouvir as gravações, Ira Gershwin declarou: “Eu não sabia o quanto nossas canções eram boas até que ouvi Ella Fitzgerald cantando-as”. Dentre outros compositores incluídos na série estão Cole Porter, Duke Ellington e Irving Berlin.

Em sua longa carreira, Fitzgerald gravou mais de cem discos, em vários estilos de música, dentre eles jazz e baladas. Ela se apresentou ao lado de grandes nomes do jazz, como Louis Armstrong e Dizzy Gillespie, e de cantores como Frank Sinatra e Bing Crosby. Além de ganhar muitos prêmios Grammy por suas gravações, Fitzgerald também recebeu honrarias pelo conjunto de sua obra. Apesar de problemas de saúde, a cantora continuou a gravar discos e a se apresentar durante seus últimos anos. Ella Fitzgerald morreu em 15 de junho de 1996, em Beverly Hills, na Califórnia.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête