O Neoplasticismo foi um movimento artístico (também considerado um estilo ou uma teoria da arte) criado pelo pintor holandês Piet Mondrian em 1917. Foi também de fundamental importância para o Neoplasticismo a contribuição do pintor, arquiteto e teórico da arte Theo van Doesburg. Teve grande importância no cenário da pintura e arquitetura europeia até o final da década de 1920.

Estes dois artistas criaram, em 1917, a revista De Stijl, que foi um dos principais veículos de divulgação teórica deste estilo artístico na Europa.


Principais características do Neoplasticismo:

– Arte Abstrata.

– Valorização das formas geométricas.

– Uso de linhas horizontais e verticais. As linhas oblíquas e curvas não são utilizadas nas obras do Neoplasticismo.

– Ênfase no uso de cores puras: vermelho, amarelo e azul.

– Busca de senso de equilíbrio e harmonia.


Principais artistas do Neoplasticismo e principais obras deste estilo:

Piet Mondrian

– Composição com grade I (losango) – 1918

– Composição em tabuleiro de damas com cores claras (1919)

– Composição com vermelho, cinza, azul e amarelo (1920)

– Composição C (1920)

– Tabuleiro I (1921)

– Composição em vermelho, amarelo, azul e preto (1926)


Theo Van Doesburg

– Composição VIII (vaca) – 1918

– Tarantela (1918)

– Ritmo de uma dança russa (1918)

– Composição em dissonâncias (1919)

– Pintura pura (1920)

– Contra construção (1923)


Vilmos Huszár

– Composição com figura feminina (1918)

– Violinistas (1927)

– Dança de casal (1928)


Você sabia?

– O Neoplasticismo também ficou conhecido na Europa pelo nome de Construtivismo Holandês. Esse nome é explicado pelas semelhanças do movimento com o construtivismo soviético.

Exemplo de obra de arte do Neoplasticismo:

Composição em tabuleiro de damas com cores claras de Piet Mondrian
Composição em tabuleiro de damas com cores claras (1919) de Piet Mondrian.

Até mais!

Equipe Tête-à-Tête