Gestalt, Gestaltismo ou Psicologia da Forma é uma doutrina da psicologia baseada na ideia da compreensão da totalidade para que haja a percepção das partes. Gestalt é uma palavra de origem germânica, com uma tradução aproximada de “forma” ou “figura”.

teoria da Gestalt, também conhecida como Psicologia da Gestalt ou Psicologia da Boa Forma, faz parte dos estudos da percepção humana, que começaram a se desenvolver entre o final do século XIX e os primeiros anos do século XX. Os pioneiros desta doutrina e formuladores das Leis da Gestalt foram os psicólogos Kurt Koffka, Wolfgang Köhler e Max Werteimer.

A Gestalt surgiu como uma doutrina de oposição ao Atomismo, uma filosofia que acreditava ser possível a percepção do todo apenas após a compreensão das diferentes partes.

De acordo com o psicólogo austríaco Christian von Ehrenfels, a percepção humana é formada a partir da junção de duas características das formas: as sensíveis (relativo ao objeto em si) e as formais (os ideais e visões de mundo particulares de cada indivíduo).

Leis da Gestalt

Essas leis foram estabelecidas a partir da observação do comportamento do cérebro ao longo do processo de percepção das formas e imagens.

As Leis Básicas da Gestalt são: Semelhança, Proximidade, Continuidade, Pregnância, Fechamento e Unidade.

  • Lei da Semelhança: imagens similares tendem a se agruparem entre si, de acordo com a percepção da mente humana.
Lei da Semelhança - Gestalt
  • Lei da Proximidade: elementos próximos tendem a se agrupar, formando imagens únicas.
Lei da Proximidade - Gestalt
  • Lei da Continuidade: pontos que são conectados pelo formato de uma reta ou curva, transmitem a sensação de haver uma única linha que os ligam.
Lei da Continuidade - Gestalt
  • Lei da Pregnância (Lei da Simplicidade): os elementos presentes em determinado ambiente são vistos da forma mais simples possível, isto para que haja a rápida assimilação do ambiente ou do elemento.
Lei da Pregnância - Gestalt
  • Lei do Fechamento: elementos que aparentam se completar são interpretados como um objeto completo.
Lei do Fechamento - Gestalt
  • Lei da Unidade (Lei da Unificação): espaços vazios de imagens abstratas são preenchidos instintivamente para que sejam compreendidas pela menta humana.
Lei da Unificação - Gestalt

Gestalt-terapia

É uma prática psicoterapêutica desenvolvida pelos teóricos e psicoterapeutas Fritz PerlsLaura Perls e Paul Goodman, em meados do século XX.

Inspirado na Psicologia da Gestalt, no Existencialismo, na Fenomenologia, na Teoria de Campo de Lewin, entre outras doutrinas, a Gestalt-terapia apresenta uma proposta mais “poética” da psicoterapia.

A proposta deste modelo é associar praticas cognitivas com as emoções e sentimentos do paciente, para que ele possa enxergar novos meios de encarar as situações difíceis da vida.

Algumas pessoas consideram a Gestalt-terapia, como uma corrente filosófica existencial, onde a pessoa que está sob tratamento tem o objeto de dominar a “arte de viver”.

Também conhecida como “Terapia do Contato”, a Gestalt-terapia busca a interação com as partes conhecidas e desconhecidas da identidade do indivíduo, fazendo com que possa desenvolver o seu potencial, o autoconhecimento e o crescimento como ser humano.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête