Representante do surrealismo, o pintor belga René Magritte criou obras polêmicas como A traição das imagens. O quadro de 63,5cm × 93,98cm foi pintado entre 1928 e 1929 e atualmente pertence a coleção do Museu de Arte do Condado de Los Angeles.

Isto não é um cachimbo, de Magritte

A obra fazia parte de uma série revolucionária intitulada “A traição das imagens”, que procurava questionar os limites da representação. O trabalho do pintor fomentou uma série de discussões filosóficas como o ensaio composto por Michel Foucault.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête