Essa provavelmente é a pintura mais famosa de Claude Monet. Em 1983, encantado pela natureza, Monet decidiu comprar uma propriedade em Giverny.

Bridge over a Pond of Water Lilies

O trabalho acima foi feito inspirado na paisagem de uma pequena propriedade que havia adquirido com uma lagoa (resultado de um rio afluente do Sena).

A imagem escolhida pelo pintor retrata a lagoa com a romântica ponte de madeira estilo japonês coroando o paraíso verde ao fundo. Uma curiosidade: a ponte foi instalada pelo próprio pintor em 1893, seis anos antes da tela ser pintada.

A pintura transmite para o observador uma sensação de tranquilidade, sossego e sublinha a harmonia e plenitude da natureza. Segundo o próprio pintor:

“Uma paisagem não fica sob a sua pele em um dia. E então, de repente, tive a revelação de quão encantadora minha lagoa era. Eu peguei minha paleta. Desde então, eu quase não tive nenhum outro assunto.”

O quadro faz parte de uma série e se destaca dos demais trabalhos da coletânea principalmente pelo seu formato vertical (92,7 x 73,7 cm).

Ao todo foram pintadas dezoito óleo sobre tela com o mesmo tema, variando apenas o ângulo sobre a lagoa. Doze dessas telas receberam títulos parecidos e foram apresentadas de uma só vez na galeria Durand-Ruel em Paris, em 1900.

Atualmente a obra faz parte do acervo permanente do Metropolitan Museum of Art.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête