O quadro que leva o nome do casal mais famoso do universo das artes plásticas mexicano e foi pintado no ano de 1931. O retrato foi oferecido por Frida ao amigo e mecenas Albert Bender.

Frida e Diego Rivera

A pomba que aparece sobrevoando a cabeça da pintora carrega uma faixa com os seguintes dizeres: “Aqui você vê a mim, Frieda Kahlo, com meu amado marido Diego Rivera. Pintei este retrato na linda cidade de São Francisco, Califórnia, para nosso amigo, o Sr. Albert Bender, no mês de abril do ano de 1931”.

Frida na ocasião estava acompanhando o seu marido, o muralista Diego Rivera. Eles eram recém casados e o famoso pintor mexicano havia sido convidado para criar uma série de murais na Escola de Belas-Artes da Califórnia e na Bolsa de Valores de São Francisco.

Na pintura vemos Diego com os seus instrumentos de trabalho na mão direita – os pincéis e a paleta – enquanto a mão esquerda segura Frida, nessa ocasião mera acompanhante da viagem de trabalho do marido.

Rivera aparece com protagonismo na pintura, basta reparar a escala e a proporção se comparado à mulher. Na vida real o pintor era um homem efetivamente robusto e maior que Frida (precisamente 30 centímetros). Na imagem vemos essa diferença de dimensões evidenciada.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête