A escultura Vênus de Milo foi criada em algum momento entre 100 e 130 aC. Acredita-se que retrate Afrodite (Vênus para os romanos), a deusa grega do amor e da beleza. É uma escultura em mármore, ligeiramente maior que o tamanho natural a 203 cm de altura. Seus braços originais foram perdidos. A partir de uma inscrição que se encontrava no seu pedestal, foi pensada ser a obra de Alexandros de Antioquia, que foi anteriormente atribuída equivocadamente ao escultor Praxíteles. Presentemente, está em exposição no Museu do Louvre, em Paris. Surpreendentemente, a estátua foi descoberta acidentalmente em um campo de um agricultor.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête