A tela Dançarinas no Bar brinca com a quebra de expectativas uma vez que o espectador não está a espera de encontrar uma bailarina que tenha uma forma mais arredondada.

Dançarinas no Bar

A única personagem da pintura se encontra de costas voltadas para o espelho, parecendo ignorar a autoimagem refletida, preferindo se concentrar no exercício ou encarar alguém que está a sua frente.

Apesar das suas aparentes limitações físicas, a dançarina se coloca na custosa posição do balé assim como qualquer atleta esguia.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête