Jean Désiré Gustave Courbet foi um importante pintor francês do século XIX, considerado um dos principais representantes do Realismo nas artes plásticas.

Além da pintura, dedicou-se ao ativismo político, defendendo ideias democráticas, republicanas e socialistas.


Biografia resumida

– Gustave Courbet nasceu numa rica família de fazendeiros, em 10 de junho de 1819, na cidade de Ornans (França).

– Embora sua família desejasse que ele fosse para a área do Direito, Courbet foi estudar artes em Paris em 1839, no começo de sua vida adulta. Mesmo assim, foi financiado pela família no começo de sua vida artística.

– Suas ideias e ações deram a ele uma fama de revolucionário e socialista, o que acabou por prejudicar sua carreira artística, principalmente nos meios mais tradicionais do mundo das artes.

– Rejeitou estudar artes em escolas acadêmicas, preferindo as independentes.

– Exibiu algumas pinturas, em 1855, no Palácio de Artes da Exposição Universal de Paris. Porém, não foi muito bem recebido pela crítica tradicional, que considerou suas obras revolucionárias.

– Em 1870, foi eleito presidente da Federação dos Artistas da França.

– Em 1871, esteve envolvido na Comuna de Paris, chegando a participar de seu breve governo. Logo após, foi preso e recebeu várias multas pela participação no movimento revolucionário socialista.

– Para escapar das elevadas multas do governo, fugiu para a Suíça, onde foi morar numa velha estalagem na zona rural. Viveu ai até seus últimos dias de forma pobre e quase anônima.

– Gustave Courbet faleceu em La-Tour-de-Peliz (Suíça) em 31 de dezembro de 1877.


Principais características do seu  estilo artístico:

– Valorização da dignidade da vida simples, principalmente dos trabalhadores manuais.

– Estilo artístico não idealizado.

– Retratação da vida cotidiana na França.

– Pintura de paisagens que fazem referência a sua vida na infância.

– Obras retratando nus femininos.

– Rompimento com temas tradicionais e com a arte idealizada.

Os quebradores de pedras, obra de Gustave Courbet


Obras principais de Gustave Courbet:

– Autorretrato (1843)

– Autorretrato com cão (1842)

– Os quebradores de pedras (1849)

– Um funeral em Ornans (1849)

– As banhistas (1853)

– Bom dia, senhor Courbet (1854)

– Mulheres peineirando trigo (1854)

– O ateliê do artista (1854)

– A origem do mundo (1866)

– O sono  (1866)

– O inverno (1868)

– O mar tormentoso (1870)


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête