A ikebana consolidou-se durante o Período Muromachi, entre os anos de 1338 a 1573, mas sua origem é ainda mais antiga. Acredita-se que ela foi criada na Índia, como forma de oferenda à Buda, e foi levada ao Japão por missionários, onde ganhou outros simbolismos religiosos.

Ikebana com vaso preto e flores cor de rosa

Ikebana com vaso preto e flores cor de rosa – Foto Mai Ban Thai Thoma


Tipos de Ikebana 

A arte ikebana é dividida em diferentes tipos, mas podemos destacar 4 deles: 

  • Ikebana sanguetsu: Criado por Mokiti Okada, a ikebana sanguetsu é baseada no respeito pela natureza. É um arranjo que utiliza materiais mais naturais e equilibrados possíveis;
  • Ohara: A ikebana ohara é feito com flores e galhos que formam uma espécie de pilha;
  • Ikenobo: além da ikebana sanguetsu, a ikenobo é a arte mais antiga. Os feitos são voltados para devoção aos Deuses, e os arranjos são decorados com galhos;
  • Osogetsu: Se você quer investir numa arte moderna, invista neste tipo de arte. Ele equilibra os elementos do ikebana. 
Vaso preto para ikebana delicada e vermelha

Vaso preto para ikebana delicada e vermelha – Foto Maivan Flowers

Fonte:vivadecora


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête