Como já indicamos, a estrutura da Ikebana é baseada em três pontos principais: céu, terra e humanidade. Além disso, a técnica não utiliza apenas flores na composição, mas galhos, folhas, sementes e frutos também. 

No processo de Ikebana como fazer, as folhas são fixadas em um “kenzan”, uma base com cerdas pontiagudas dentro de um recipiente cheio de água. 

A composição de Ikebana é feita para durar apenas 24 horas, pois a virtude do Ikebana, assim como em muitas artes orientais, é de que o caminho importa mais que a chegada.

Vaso para ikebana na cor azul

Vaso para ikebana na cor azul – Foto A Family

Então vamos a lista de materiais: 

  • 1 vaso de Ikebana;
  • 1 Kenzan;
  • Água;
  • Flores;
  • Ramos e caules;
  • Tesoura.
Modelo de Kenzan

Quais flores usar? 

Os arranjos de ikebana são feitos com três ramos ou caules principais. O ramo primário representa o homem. O secundário, que é um pouco menor que o primeiro, representa o céu. E o ornamental (único ramo com flores) representa a Terra.

Considere que os arranjos de ikebana são simples. Procure galhos e ramos longos, sem muitas folhas, mas que chamem a atenção

Vaso ikebana para decoração

Vaso ikebana para decoração – Foto Pinterest


Também lembre-se que o primeiro ramo é o maior de todos, geralmente ele tem mais da metade do tamanho do recipiente. 

Ao escolher a ikebana flores, procure por espécies que tragam boas energias para sua casa e outros simbolismos importantes. A rosa vermelha, por exemplo, representa paixão e amor profundo. Já o Lírio da paz é utilizado para sugar as más energias de um ambiente por meio da ikebana flores.

Arranjo ikebana com lírios

Arranjo ikebana com lírios – Foto Pinterest

Fonte:vivadecora.com.br


Até mais!

Tête-à-Tête