Bálsamo é um tipo de planta originária do continente asiático e africano (especificamente na África do Sul) e que é conhecida por ter diversas propriedades curativas.

O uso do bálsamo no tratamento de algumas doenças remonta aos costumes da medicina natural e popular, baseada principalmente em substâncias e plantas encontradas na natureza.

No caso do bálsamo (Sedum dendroideum), da família das Crassulaceae, os relatos apontam que desde tempos remotos da civilização, as pessoas já observaram propriedades anti-inflamatóriascicatrizantes relaxantes, que ajudavam a curar várias enfermidades.

De acordo com a medicina natural, o uso do bálsamo pode ser útil para o tratamento da diabetes, de úlceras, da bronquite, de queimaduras, de inflamações na pele, gastrointestinais e musculares, além de dores de cabeça, frieiras, contusões, infecções respiratórias, epilepsia e infecções urinárias.

O bálsamo pode ser utilizado tanto externamente, como unguento, por exemplo; ou ingerido, seja em forma de salada (para tratar inflamações gástricas) como em chá ou suco.

Atualmente, devido ao “poder curativo” atribuído ao bálsamo, este termo ganhou um sentido figurado para se referir a qualquer pasta ou substância natural que promova o alívio e conforto de algum male físico.

Dica: Sempre consulte seu médico para obter o melhor aconselhamento a respeito da sua saúde.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête