A mitologia grega é formada por um conjunto de histórias e relatos fantásticos que fizeram parte da vida diária dos povos de língua grega entre o século VIII a.C. e o século IV d.C. Essas histórias explicam, entre outras coisas, a origem da vida, dos deuses e dos homens e servem de base para as crenças dos gregos na Antiguidade.

O mito grego de criação do mundo:

Toda mitologia explica como nasceu o mundo. Na mitologia grega não é diferente. O que deu início a tudo que conhecemos? Qual o princípio do universo?

Eros deus grego
Para os gregos, no início havia o amor. Eros, de Joseph Paelinck (1781-1839).

Para os gregos, no início de tudo só havia trevas, habitadas por duas entidades primordiais: Érebo, a personificação da escuridão, e Nyx, a própria noite. No meio do vazio original, só existiam essas duas entidades irmãs, filhas do Caos. E teria continuado assim não fosse a sua separação, que resulta na divisão entre a Terra (Gaia) e o Céu (Urano).

Quando Nyx e Érebo se separam, também nasce Eros, o deus do amor. Segundo o historiador Pierre Grimal, é o amor que “assegura a coesão do universo nascente”. No princípio da existência, para os gregos, havia o amor. Bonito, né?

Fonte:hipercultura


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête