Quando o nazismo começou a dominar a Alemanha, os artistas da Bauhaus viraram alvo de perseguição, tendo várias obras roubadas e até destruídas. Em 1933, a escola foi fechada e o pintor precisou abandonar o país.

No ano seguinte, ele realizou uma exposição na Galeria del Milione, em Milão, e se mudou para a França, o seu derradeiro destino, adotando a nacionalidade do país em 1939. A produção artística de Kandinsky, nesta época, se destacou pelas suas cores e texturas, voltando a retratar seres vivos (o chamado estilo biomórfico).

Composição X (1939)

Composição X, a última das suas composições, é considerada uma das telas mais importantes e complexas do artista. Assim como na obra analisada acima, o fundo negro contrasta com as cores vivas e sugere uma imagem cósmica, tendo também ligação a temas relacionados com a espiritualidade.

Embora seja marcada por elementos abstratos, nesta obra conseguimos reconhecer algumas figuras do mundo real como a lua, um balão ou os livros que são representados.

Fonte:culturagenial


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête