**********

William Blake , artist

“Pity,” 1795.  (Fonte da imagem – Wikimedia Commons)

Ele é mais conhecido como um dos maiores poetas da língua inglesa. No entanto, William Blake também era um artista visionário que costumava publicar seus próprios livros com suas ilustrações coloridas à mão. Por volta dos 20 anos, ele estudou com um gravurista por sete anos e aprendeu muito bem a arte de textos gravados. Mas ele logo foi atraído pela pintura em aquarela e dominou uma técnica que foi nomeada como “afresco”. Era basicamente a impressão em monotipia, onde Blake primeiro pintava em uma superfície plana e depois a aplicava no papel. Ele completaria cada um deles separadamente com tinta, o que tornaria cada imagem distinta uma da outra.

William Blake , watercolor

“Satan Smiting Job with Sore Boils,” 1826.  (Fonte da imagem – Wikimedia Commons)

Um homem profundamente religioso, Blake foi inspirado por histórias religiosas e míticas, e esses assuntos eram frequentemente claros nos temas de suas pinturas. De fato, muitos de seus trabalhos em aquarela foram baseados na “Divina Comédia” de Dante Alighieri. Aspectos de Michelangelo e arte maneirista também são perceptíveis nas obras de Blake.

William Blake , watercolor painting
“The Night of Enitharmon’s Joy,” 1795.  (Fonte da imagem – Wikimedia Commons)

Fonte:todoporemail


Até mais!

Tête-à-Tête