“Você verá, no futuro, eu viverei de minhas aquarelas.” Isso foi o que Winslow Homer (1836 – 1910) disse uma vez a um de seus marchands. Naquela época, Homer não era muito conhecido. Nos anos seguintes, porém, suas palavras se tornaram realidade e o artista americano se tornou um dos maiores pintores marítimos de todos os tempos. O artista autodidata era famoso por suas representações idílicas e comoventes da orla marítima e do campo que atraem as pessoas até hoje. Homer iniciou uma série de aquarelas em 1881 com base em suas experiências em temporadas passadas na vila de pescadores à beira-mar de Cullercoats, na Inglaterra, por alguns anos. Uma das características de destaque das obras de Homer foi a simplicidade. Muitas vezes, ele se concentrava nos velhos hábitos e retratava cenas da vida cotidiana das pessoas comuns com grande modéstia. Suas cores nunca eram chamativas ou muito brilhantes; em vez disso, eles eram sempre suaves e calmantes. Muitas das pinturas de Homer apresentavam cenas silenciosas de crianças e mulheres fazendo suas tarefas diárias ou homens no mar. Embora suas pinturas dramáticas à beira-mar tenham recebido muitos elogios, foram seus trabalhos em aquarela com nobre simplicidade – uma mulher alimentando galinhas em uma fazenda, meninos pescando em um lago ou homens relaxando em um campo em um dia de sol – que realmente se destacaram e o estabeleceram como um dos melhores artistas do meio.

“West Point, Prout’s Neck” (1900)

17 Pinturas famosas e encantadoras  de Winslow Homer

Fonte da imagem: Wikimedia Commons


“Vento Oeste” (1891)

17 Pinturas famosas e encantadoras  de Winslow Homer

Fonte da imagem: Wikimedia Commons

Fonte:tudoporemail


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête