Depois de tudo te amarei
como se fosse sempre antes
como se de tanto esperar
sem que te visse nem chegasses
estivesses eternamente
respirando perto de mim.

Perto de mim com teus hábitos,
teu colorido e tua guitarra
como estão juntos os países
nas lições escolares
e duas comarcas se confundem
e há um rio perto de um rio
e crescem juntos dois vulcões.


O tom dos versos de Integrações são de promessa, aqui o sujeito apaixonado se dirige diretamente à amada e faz um compromisso para o futuro.

Esse trecho inicial do extenso poema já demonstra o efeito que a amada promove. Para tentar deixar ainda mais claro para o leitor a necessidade que tem daquela mulher, usa exemplos simples, cotidianos, com os quais todos nós podemos nos identificar, como é o caso da menção aos tempos de escola.

Aliás, essa é uma característica potente da lírica de Neruda: a simplicidade, a singeleza, o dom de encontrar no dia-a-dia material para ilustrar a sua poesia.

Pablo Neruda (1904-1973)

Fonte:culturagenial


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête