Irina Bezzan, Managing Director Brazil da The Bridge, revela principais pontos na hora de digitalizar uma companhia:

  1. Tenha clareza sobre o que é transformação digital

Antes de tudo, é muito importante ter clareza sobre o que é transformação digital e qual a sua importância dentro de uma empresa e de um negócio. A própria palavra transformação já demonstra a ideia de mudanças, enquanto que o digital traz à tona a tecnologia. Ou seja, a transformação digital consiste numa mudança de Mindset e em incorporar o uso da tecnologia digital para otimizar os processos, modelo de negócios, a geração de valor e busca de soluções em todas as áreas de relacionamento com o cliente e com o mercado.


  1. Realize diagnósticos e revise processos

Como ponto de partida precisamos falar sobre o volume de informações que recebemos diariamente. É quase que humanamente impossível administrar todos esses dados de maneira manual. E mesmo que seja possível, seria uma perda de tempo. Hoje em dia, os sistemas do mundo online permitem que sejam gerados relatórios e processos de uma maneira muito mais rápida e prática. Dessa forma, uma das coisas mais importantes quando a empresa vai passar por um processo de transformação digital é fazer um mapeamento, ou seja, um diagnóstico, para compreender internamente todos seus processos, revisando aqueles que já não são mais necessários, por exemplo.


  1. Faça benchmarking

Feita essa análise interna, é válido fazer um comparativo com o mercado – desde uma comparação de produtos e serviços, até práticas empresariais. Chamamos isso de benchmarking, um importante instrumento de gestão das empresas. Dentro desse contexto, se questione sobre como está seu negócio internamente, o que pode ser feito para ser mais competitivo e, principalmente, como podem atender melhor seus clientes, melhorando o relacionamento com o mercado.


  1. Tenha um mindset de inovação e defina um plano estratégico 

Quando você olha para seu modelo de negócio e conhece melhor como outras empresas estão operando, fica mais fácil elaborar um novo plano estratégico. Seja para entregar novos produtos, ser mais eficiente no seu negócio ou potencializar todos os seus resultados. Mas, isso só é possível a partir de um mindset de inovação. Inovação tem relação com metodologias ágeis, testes e tolerância a falhas. É preciso ter abertura para testar novas ferramentas e agilidade para entender se aquilo contribuiu ou não para a empresa.


  1. Invista em gestão de dados, com uso de ferramentas integradas

As ferramentas de gestão podem ser softwares ou técnicas utilizadas para melhorar os processos e resultados. É muito importante ter sistemas de gestão que apoiem a transformação digital e consigam quantificar a evolução dos resultados da empresa, afinal, só assim é possível concretizar os resultados da mudança. Na The Bridge, por exemplo, meus pilares estratégicos são: promover uma melhor experiência para o cliente, trazer melhoria dos processos operacionais e termos um modelo de negócio escalável. Para isso, temos utilizado Cloud Computing, Big Data e Inteligência Artificial.


  1. Tenha um time e principais líderes engajados no processo

Nada do que falamos até aqui acontece se a empresa não possui gestores envolvidos no processo e um time verdadeiramente engajado para que isso aconteça. A gente sabe que existe, naturalmente, uma resistência a mudanças, então, normalmente as empresas não conseguem prosperar pelo medo de mudar, mesmo que seja para algo que entenda-se que seja melhor e que esteja alinhado com as tendências de mercado. Aí entra o papel importante dos principais líderes, de serem os grandes condutores da transformação, engajar colaboradores no processo, na execução, para que através do exemplo, e dos resultados que vão vindo, o time se torne confiante em entregar a transformação digital.


  1. Tenha foco no atendimento ao cliente e uma oferta clara de valores

Estamos em uma época que falamos muito sobre jornadas (do consumidor, do cliente, do produto) e tudo está muito interligado a experiência. Ou seja, como será a experiência dos clientes a partir do momento que o processo foi digitalizado? Quais tecnologias estamos utilizando para gerar a melhor experiência do nosso público-alvo? É preciso ter como ponto de partida e como principal objetivo a satisfação do cliente, visto que ele faz o negócio girar. Além disso, não se esqueça de sempre, ao longo de todo o processo, revisitar quais são suas propostas de valor como empresa, isto é, qual é seu propósito com tudo isso?

Créditos: *Irina Bezzan, Managing Director Brazil da The Bridge/itforum


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête