A nós bastem nossos próprios ais,

Que a ninguém sua cruz é pequenina.

Por pior que seja a situação da China,

Os nossos calos doem muito mais…

Mário Quintana (1906-1994)


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête