Quando falamos de artistas famosos de aquarela que deixaram uma marca indelével na história do meio, alguns nomes instantaneamente surgem em nossas mentes – John Singer Sargent, Winslow Homer, John James Audubon e Thomas Moran, para citar alguns. No entanto, um dos pioneiros da arte foi Joseph Mallord William Turner (1775-1851). O pintor inglês deixou uma impressão duradoura na história da arte e através de suas sublimes obras e ainda é lembrado com carinho por suas magníficas pinturas de paisagens. Turner foi um pintor a óleo, aquarelista e gravurista frequentemente celebrado por seu papel no surgimento da arte moderna. Ele dedicou sua vida à arte e em uma carreira gloriosa de muitas décadas, ele acabou criando 550 pinturas a óleo, 2.000 aquarelas e 30.000 trabalhos em papel. Turner adorava dar vida a vistas esplêndidas da natureza e era um mestre da pintura de paisagens e marinhas. Ele captou de forma brilhante os efeitos da cor e da luz em suas obras e isso lhe rendeu o apelido de “O Pintor da Luz”. Hoje, veremos duas das melhores obras de arte de J.M.W. Turner. De paisagens e arte marinha a algumas representações maravilhosas de belas estruturas, essas pinturas antigas são encantadoramente surreais.

Ulisses ridicularizando Polifemo (1829)

Aquarelas de J.M.W. Turner

Fonte da imagem: Wikimedia Commons


“Veneza – A Aduana e  San Giorgio Maggiore” (1834)

Aquarelas de J.M.W. Turner

Fonte da imagem: Wikimedia Commons

Fonte:tudoporemail


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête