Derain buscou um estilo artístico que fosse atemporal e relevante para qualquer geração. Em suas obras, Derain capta as maravilhas das cenas cotidianas ao seu redor.

Ponte de Charing Cross, Londres, 1906

André Derain

Antes de seguir o caminho das artes, Derain foi estudar engenharia. Ele logo partiu, descrevendo a experiência como “uma lembrança muito mais amarga para mim do que as horas mais sombrias de minha carreira militar”. Ele começou sua formação como artista aos 15 anos e, três anos depois, Derain entrou no estúdio parisiense do pintor simbolista Eugene Carriere. Isso influenciou sua vontade de criar atemporalidade em suas pinturas. A arte simbolista não precisa de nenhum contexto, nem as obras de Derain.


Paisagem perto de Chatou, 1904

André Derain

Fonte:tudoporemail


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête