All that we see or seem
Is but a dream within a dream
 
Tudo o que vemos ou parecemos
Não passa de um sonho dentro de um sonho  –  (tradução literal)


Depois de O Corvo, este e Annabel Lee são os poemas mais citados de Poe. Não é difícil até ver pessoas com tatuagens com este trecho do poema, que é um dos mais significativos de Poe, trazendo um interessante questionamento condensado de forma poética em uma quantidade pequena de palavras. Em apenas duas linhas, o poeta pondera sobre a origem de toda a existência como sendo tudo apenas um sonho dentro de outro sonho.

Fonte:notaterapia


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête