Uma das virtudes de estruturas icônicas como o Coliseu de Roma ou as Pirâmides de Gizé é que elas conseguiram resistir ao teste do tempo por milênios. Ainda hoje, os visitantes podem caminhar entre essas obras-primas arquitetônicas icônicas e admirá-las em sua glória bem de perto. Infelizmente, não podemos dizer o mesmo sobre a maioria das estruturas que estamos prestes a mostrar a você. Danificadas pela guerra, destruídas pelo fogo ou demolidas sem necessidade, essas estruturas não tiveram tanta sorte. No entanto, acreditamos que sua opulência e beleza podem e devem ser admiradas e lembradas, mesmo que só possamos fazê-lo através de pinturas e fotografias.


A ponte Neue Elbbrücke original em Hamburgo, Alemanha (1887-1959). As duas torres góticas foram destruídas durante o alargamento da ponte.


A gloriosa Biblioteca Pública de Cincinnati (1871-1955). A estrutura foi demolida para dar lugar a um edifício mais moderno.


O esplendor do edifício é parcialmente perdido porque os edifícios circundantes bloqueiam a luz natural – o Grand Central Terminal na cidade de Nova York (1929)


O lindo interior do SS Normandie (1935 -1942), um famoso transatlântico francês. Foi arruinado por um incêndio acidental que irrompeu durante a reforma do navio para o serviço militar.


A capital da Polônia – Varsóvia – antes da Segunda Guerra Mundial (foto tirada em 1929)


O Castelinho de Ipanema (1904-1960) no Rio de Janeiro, Brasil, foi um dos poucos edifícios em estilo mourisco na cidade. Infelizmente, também foi demolido.


A cidade de Dresden antes da Segunda Guerra Mundial. Nenhum desses edifícios sobreviveu à guerra.

Gostou do post? Comente e compartilhe!

Fonte:tudoporemail


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête