Em meados da década de 1940, Elaine e Willem estavam mais pobres do que nunca e ambos enfrentavam grande dificuldade para vender qualquer obra. Em um esforço para ganhar dinheiro, de Kooning pintou este autorretrato realista e o vendeu para sua irmã por uma quantia de US $ 20, que ela descreveu na época como “um bom dinheiro”. Os toques pseudo-abstratos neste retrato clássico são muito no estilo do artista Fairfield Porter, que era um amigo próximo dos Koonings.

Expressionism – self-portrait

Fonte:wikiart


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête