Maddox dedicou-se, desde 1935, para as radicas e originais intenções do movimento Surrealista. Ele criticou duramente, em 1936, a International Surrealist Exhibition em Londres por ter incluído artistas que ele não considerava dedicados o bastante ao movimento, os quais eram: Roland Penrose, Paul Nash and Herbert Read. Em contraste à Read’s interpretation of Surrealism, Maddox era assumidamente internacionalista. Esse trabalho remete a eventos irracionais e ao ambiente das pinturas de Rene Magritte. A cabeça de uma figura foi substituída por um balão, enquanto o fisiculturista parecer surgir da moldura de um quadro. Um grande fósforo aparenta substituir o sol.

O país estranho, 1940 –  Estilo: Surrealism – Tate Modern
Conroy Maddox

Fonte:wikiart


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête