Colocar a Mão no Fogo

Dizer que você coloca a mão no fogo por alguém significa que você protege essa pessoa a todo e qualquer custo, independente das consequências. A expressão surgiu na época da Santa Inquisição quando eles queimavam a mão do possível herege para comprovar se ele era um bruxo ou não.

Exemplo:

Eu não coloco minha mão no fogo por ninguém. Já pensou?


Rodar a Baiana

Rodar a baiana significa que você irá criar confusão em público, gerar um escândalo. O termo teria surgido na década de 20 durante os carnavais na Bahia, como alguns engraçadinhos beliscavam o bumbum das mulheres, alguns jogadores de capoeira se vestiam de baiana e ao serem alvos dos malandros, eles davam um golpe de capoeira. Quem via de fora, conseguia ver a baiana rodando.

Exemplo:

Ah, mas se ele não devolver meu dinheiro, eu vou rodar a baiana!


Tirar o Cavalinho da Chuva

Essa expressão significa para tirar qualquer ideia da cabeça, porque ela não irá acontecer. Ninguém sabe ao certo como ela surgiu, mas acredita que foi na época que os cavalos eram a principal forma de transporte no Brasil e os animais ficavam amarrados na frente das casas debaixo de chuva. Quando o anfitrião da casa gostava da visita, ele dizia para o visitante tirar o cavalo da chuva e ficar um pouco mais.

Exemplo:

Tire seu cavalinho da chuva, ninguém vai pra praia sem comer.


Madalena Arrependida

Representa alguém que está arrependido de algo ou que mudou drasticamente em sua vida. A expressão vem da Bíblia, por conta de Maria Madalena, que tinha uma vida ruim e mudou para seguir Jesus Cristo.

Exemplo:

Ela é uma Madalena arrependida. Mudou os hábitos alimentares e tudo…

Não se faça de Madalena arrependida, que eu sei que você quis comer o bolo.

Fonte:dicionariopopular


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête