São Paulo caiu de seu cavalo ao ouvir as palavras de Cristo “Por que me persegues?”, o que provocou sua conversão. A interpretação de Murillo é notavelmente dinâmica, fazendo uso do contraste entre a área ocupada apenas pelo brilho da luz e a figura de Cristo, e o grupo apinhado de São Paulo e seus companheiros, contra um fundo escuro.

 1675 – 1682; Spain  – Estilo barroco – 125 x 169 cm – Museu do Prado

Fonte:wikiart


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête