Busca

TÊTE-À-TÊTE

Ampliando conhecimentos

Categoria

literatura

CREIO NOS ANJOS QUE ANDAM PELO MUNDO

Creio nosanjos que andam pelo mundo,Creio na Deusa com olhos de diamantes,Creio em amores lunares com piano ao fundo,Creio nas lendas, nas fadas, nos atlantes, Creio num engenho que falta mais fecundoDe harmonizar as partes dissonantes,Creio que tudo eterno num... Continue lendo →

CAMINHOS – DIRCEU DE OLIVEIRA FISCHER

O homem, quando completa oitenta anos, é jogado impiedosamente no outro lado da vida. Com a maturidade adquirida existe um dilema, encontra uma dubiedade na sua existência: o que podia ter feito e que não fez, e o que fez... Continue lendo →

LENDO TRADUÇÕES DE POEMAS ANTIGOS – LUÍS F. CASTRO MENDES

(traduções de poemas sânscritos) Que ficará das palavras que tantos escreveram sobre a terra? Às vezes, num velho mosteiro, aparece um rolo manuscrito e os poemas sânscritos são tão vivos, maliciosos, e ao mesmo tempo tão obedientes às fórmulas e... Continue lendo →

ERA O ÚLTIMO AMOR – LUÍS FILIPE CASTRO MENDES

Era o último amor. A casa fria,os pés molhados no escuro chão.Era o último amor e não sabiaesconder o rosto em tanta solidão. Era o último amor. Quem advinhao sabor pela escuridão?Quem oferece frutos nessa neve?Quem rasga com ternura o... Continue lendo →

O POETA PEDE A SEU AMOR QUE LHE ESCREVA – FEDERICO GARCÍA LORCA

Amor de minhas entranhas, morte viva,em vão espero tua palavra escritae penso, com a flor que se murcha,que se vivo sem mim quero perder-te.O ar é imortal. A pedra inertenem conhece a sombra nem a evita.Coração interior não necessitao mel... Continue lendo →

LIVROS: CAMPEÃO – UM HERÓI SEM MÁSCARA

Querido(a) leitor(a). Ao contrário do que o título possa sugerir, lamento informar, você não encontrará neste livro a história de nenhum novo super-herói com poderes especiais, senão aquele que já habita em cada um de nós, por muitos ignorado. Num... Continue lendo →

Post Destacado

A PÁTRIA – OLAVO BILAC

Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste!Criança! não verás nenhum país como este!Olha que céu! que mar! que rios! que floresta!A Natureza, aqui, perpetuamente em festa,É um seio de mãe a transbordar carinhos.Vê que vida há no... Continue lendo →

QUASE UM POEMA DE AMOR – MIGUEL TORGA

Há muito tempo já que não escrevo um poemaDe amor.E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!A nossa naturezaLusitanaTem essa humanaGraçaFeiticeiraDe tornar de cristalA mais sentimentalE baçaBebedeira. Mas ou seja que vou envelhecendoE ninguém me deseje apaixonado,Ou que... Continue lendo →

GOTA DE ÁGUA – ANTÓNIO GEDEÃO

Eu, quando choro,não choro eu.Chora aquilo que nos homensem todo o tempo sofreu.As lágrimas são as minhasmas o choro não é meu. ... António Gedeão (1906-1997) Até mais! Equipe Tête-à-Tête

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑