Busca

TÊTE-À-TÊTE

Ampliando conhecimentos

Tag

fernando pessoa

DA MINHA ALDEIA VEJO QUANTO DA TERRA SE PODE VER DO UNIVERSO… – PESSOA

Da minha aldeiavejo quanto da terra se pode ver o Universo....Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquerPorque eu sou do tamanho do que vejoE não do tamanho da minha altura...Nas cidades a vidaé mais pequenaQue aqui na... Continue lendo →

SOU UM EVADIDO – PESSOA

Sou um evadido.Logo que nasciFecharam-me em mim,Ah, mas eu fugi. Se a gente se cansaDo mesmo lugar,Do mesmo serPor que não se cansar? Minha alma procura-meMas eu ando a monte,Oxalá que elaNunca me encontre. Ser um é cadeia,Ser eu é... Continue lendo →

TODO O MUNDO DE SERES E RELAÇÕES – FERNANDO PESSOA

O mistério do mundo,O íntimo, horroroso, desolado,Verdadeiro mistério da existência,Consiste em haver esse mistério.... Não é a dor de já não poder crerQue m’oprime, nem a de não saber,Mas apenas completamente o horrorDe ter visto o mistério frente a frente,De... Continue lendo →

MAR PORTUGÊS – FERNANDO PESSOA

Ó mar salgado, quanto do teu salSão lágrimas de Portugal!Por te cruzarmos, quantas mães choraram,Quantos filhos em vão rezaram!Quantas noivas ficaram por casarPara que fosses nosso, ó mar! Valeu a pena? Tudo vale a penaSe a alma não é pequena.Quem... Continue lendo →

PARA SER GRANDE, SÊ INTEIRO: NADA – FERNANDO PESSOA

Para ser grande, sê inteiro: nadaTeu exagera ou exclui.Sê todo em cada coisa. Põe quanto ésNo mínimo que fazes.Assim em cada lago a lua todaBrilha, porque alta vive. ... Fernando Pessoa Até mais! Equipe Tête-à-Tête

NÃO SEI QUANTAS ALMAS TENHO – FERNANDO PESSOA

Não sei quantas almas tenho. Cada momento mudei. Continuamente me estranho. Nunca me vi nem acabei. De tanto ser, só tenho alma. Quem tem  alma não tem calma. Quem vê é só o que vê, Quem sente não é quem é, Atento ao que sou e vejo, Torno-me... Continue lendo →

O AMOR – FERNANDO PESSOA

O amor, quando se revela, Não se sabe revelar. Sabe bem olhar pra ela, Mas não lhe sabe falar.  Quem quer dizer o que sente Não sabe o que há de dizer. Fala: parece que mente Cala: parece esquecer  Ah, mas se ela adivinhasse, Se pudesse ouvir... Continue lendo →

TENHO TANTO SENTIMENTO – FERNANDO PESSOA

Tenho tanto sentimentoQue é frequente persuadir-meDe que sou sentimental,Mas reconheço, ao medir-me,Que tudo isso é pensamento,Que não senti afinal. Temos, todos que vivemos,Uma vida que é vividaE outra vida que é pensada,E a única vida que temosÉ essa que é... Continue lendo →

PRESSÁGIO

O amor, quando se revela,Não se sabe revelar.Sabe bem olhar p'ra ela,Mas não lhe sabe falar.Quem quer dizer o que senteNão sabe o que há de dizer.Fala: parece que mente...Cala: parece esquecer...Ah, mas se ela adivinhasse,Se pudesse ouvir o olhar,E... Continue lendo →

“AUTOPSICOGRAFIA” – FERNANDO PESSOA

O poeta é um fingidor.Finge tão completamenteQue chega a fingir que é dorA dor que deveras sente. E os que leem o que escreve,Na dor lida sentem bem,Não as duas que ele teve,Mas só a que eles não têm. E... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑