Busca

TÊTE-À-TÊTE

Ampliando conhecimentos

Tag

florbela espanca

SUAVIDADE – FLORBELA ESPANCA

Pousa a tua cabeça doloridaTão cheia de quimeras, de ideal,Sobre o regaço brando e maternalDa tua doce Irmã compadecida. Hás-de contar-me nessa voz tão quridaA tua dor que julgas sem igual,E eu, pra te consolar, direi o malQue à minha... Continue lendo →

A VIDA – FLORBELA ESPANCA

É vão o amor, o ódio, ou o desdém;Inútil o desejo e o sentimento...Lançar um grande amor aos pés de alguémO mesmo é que lançar flores ao vento! Todos somos no mundo "Pedro Sem",Uma alegria é feita dum tormento,Um riso... Continue lendo →

SEM REMÉDIO – FLORBELA ESPANCA

Aqueles que me têm muito amorNão sabem o que sinto e o que sou...Não sabem que passou, um dia, a DorÀ minha porta e, nesse dia, entrou. E é desde então que eu sinto este pavor,Este frio que anda em... Continue lendo →

SER POETA – FLORBELA ESPANCA

Ser poeta é ser mais alto, é ser maiorDo que os homens! Morder como quem beija!É ser mendigo e dar como quem sejaRei do Reino de Aquém e de Além Dor! É ter de mil desejos o esplendorE não saber... Continue lendo →

FANATISMO – FLORBELA ESPANCA

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdidaMeus olhos andam cegos de te ver !Não és sequer a razão do meu viver,Pois que tu és já toda a minha vida ! Não vejo nada assim enlouquecida ...Passo no mundo, meu Amor, a lerNo... Continue lendo →

AMOR QUE MORRE – FLORBELA ESPANCA

O nosso amor morreu… Quem o diria! Quem o pensara mesmo ao ver-me tonta. Ceguinha de te ver, sem ver a conta Do tempo que passava, que fugia! Bem estava a sentir que ele morria… E outro clarão, ao longe,... Continue lendo →

PRIMAVERA – FLORBELA ESPANCA

É Primavera agora, meu Amor! O campo despe a veste de estamenha; Não há árvore nenhuma que não tenha O coração aberto, todo em flor! Ah! Deixa-te vogar, calmo, ao sabor Da vida… não há bem que nos não venha... Continue lendo →

PRIMAVERA – FLORBELA ESPANCA

É Primavera agora, meu Amor! O campo despe a veste de estamenha; Não há árvore nenhuma que não tenha O coração aberto, todo em flor! Ah! Deixa-te vogar, calmo, ao sabor Da vida… não há bem que nos não venha... Continue lendo →

DE JOELHOS

“Bendita seja a Mãe que te gerou.” Bendito o leite que te fez crescer Bendito o berço aonde te embalou A tua ama, pra te adormecer! Bendita essa canção que acalentou Da tua vida o doce alvorecer ... Bendita seja... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑