Mãe, por Mário Quintana