Na ilha por vezes habitada do que somos, há noites,manhãs e madrugadas em que não precisamos demorrer.Então sabemos tudo do que foi e será.O mundo aparece explicado definitivamente e entraem nós uma grande serenidade, e dizem-se aspalavras que a significam.Levantamos... Continue lendo →