Na quantidade de energia que você gasta inutilmente, tentando passar por alguém que você não é, trocando sua verdadeira identidade por uma “fachada” socialmente “aceitável”, podando seus sonhos em nome de títulos e cargos enfadonhos. Fazendo coisas que não lhe dão prazer.... Continue lendo →