Cândido Portinari foi um dos pintores brasileiros mais famosos. Este grande artista nasceu na cidade de Brodowski (interior do estado de São Paulo), em 29 de dezembro de 1903. Destacou-se também nas áreas de poesia e política.

Durante sua trajetória, ele estudou na Escola de Belas-Artes do Rio de Janeiro e visitou muitos países como a Espanha, a França e a Itália, onde finalizou seus estudos.

No ano de 1935 ele recebeu uma premiação em Nova Iorque por sua obra “Café”. Deste momento em diante sua obra passou a ser mundialmente conhecida.

Dentre suas obras, destacam-se: “A Primeira Missa no Brasil”, “São Francisco de Assis” e Tiradentes”. Seus retratos mais famosos são: seu autorretrato, o retrato de sua mãe e o do famoso escritor brasileiro Mário de Andrade.

No dia seis de fevereiro de 1962 o Brasil perdeu um de seus maiores artistas plásticos e aquele que, com sua obra de arte, muito contribuiu para que o Brasil fosse reconhecido entre outros países. A morte de Cândido Portinari teve como causa aparente uma intoxicação causada por elementos químicos presentes em certas tintas.

Características principais de suas obras (estilo artístico):

– Retratou questões sociais do Brasil;

– Utilizou alguns elementos artísticos da arte moderna europeia;

– Suas obras de arte refletem influências do surrealismo, cubismo e da arte dos muralistas mexicanos;

– Arte figurativa, valorizando as tradições da pintura.

Obra do dia: “Meio Ambiente, de 1934″.


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête