Países como o México, Brasil, Argentina, Venezuela, Colômbia e outros tantos foram grandes celeiros de pintores latinos. Essas regiões foram o berço de personalidades talentosas e criativas, as quais contribuíram para a história da arte em nível mundial. 

Para conhecer os nomes dos principais pintores da América Latina e conferir suas grandes telas, basta ler este post até o fim!

5 PINTORES LATINOS DO SÉCULO XX E SEUS PRINCIPAIS TRABALHOS

CARLOS MARÍA HERRERA (1874-1914)

Com muita técnica e elevado domínio das cores, Carlos Maria Herrera foi uma das principais referências do século XX ao retratar personalidades históricas e, principalmente, por representar mulheres e crianças, como poucos até então. 

Ele também é considerado um dos pioneiros do modernismo do Uruguai. Além disso, suas telas são aclamadas até hoje, sendo que boa parte pode ser vista nos principais museus da região. 

A pintura “Descansando” é uma de suas obras mais conhecidas. 

pintores da américa latina

Crédito: wikipédia


DIEGO RIVERA (1886-1957)

Diego Rivera não foi só um dos maiores pintores latinos da história, como também um dos mais célebres muralistas de todos os tempos. 

No início de sua carreira, o mexicano criou peças baseadas na formalidade da arte acadêmica. Porém, não demorou muito para que despertasse para a arte de vanguarda e, assim, desenvolvesse telas com fortes características expressionistas e cubistas. 

Diego Rivera ficou conhecido por explorar, como poucos, temáticas sociais e políticas, e também por retratar a cultura latino-americana como ninguém. 

De 1935, a obra “Carregador de Flores” chama a atenção por sua riqueza de detalhes e simbolismo.

pintores da américa latina

Crédito: wikiart


XUL SOLAR (1887-1963)

Considerado por muitos como o maior nome das artes plásticas da Argentina, Xul Solar também foi arquiteto e um grande estudioso sobre línguas. 

Com uma estética claramente influenciada pelo cubismo, surrealismo e futurismo, o argentino nunca se prendeu a uma só corrente, visto que suas telas também traziam elementos do fauvismo e do expressionismo. 

Porém, a maior parte das obras do pintor é conhecida pelo estilo surrealista. Contudo, alguns especialistas e críticos de arte afirmam que seu trabalho flerta mais com o gênero fantástico. 

De 1936, “Vuell Villa” é um dos seus trabalhos mais icônicos.

pintores da américa latina

Crédito: wikiart


CARYBÉ (1911- 1997)

Outro nome que jamais poderia deixar de faltar nesta lista de pintores latinos é o do “argentino de alma baiana” Carybé.

Criativo, bem-humorado e provocador, o artista fez seu nome ao retratar a pluralidade da Bahia, por meio da pintura de seus rituais e de elementos da cultura da região, como a capoeira. 

Além de pintor, Carybé foi gravurista, escultor e muralista. Com peças mais voltadas à estética figurativa, suas obras encantam pela descontração e leveza, como você pode observar pelo exemplo abaixo. 

pintores latinos

“De Tardinha”. Crédito: laart. Foto de Joca Meirelles


JESÚS RAFAEL SOTO (1923-2005)

Experimental, curioso e com uma habilidade única, Jesús Rafael Soto foi um artista plástico venezuelano que teve como foco de seu trabalho a arte técnica. 

Assim sendo, criou instalações, pinturas e esculturas que apresentavam cores, formas e sobreposições que impressionavam seus espectadores e pareciam dançar diante de seus olhos. 

Esse é o caso de “Serigrafia Cinética”, abaixo. 

pintores latinos

Crédito: Laart. Foto de Joca Meirelles


2 PINTORAS LATINAS E SUAS TELAS MAIS CONTUNDENTES 

TARSILA DO AMARAL (1886-1973)

Nessa seleção especial de pintoras latinas, jamais poderia faltar o nome de uma das mais aclamadas artistas brasileiras de todos os tempos:  Tarsila do Amaral. 

Considerada como uma das peças-chaves da arte moderna, ela rompeu barreiras ao divulgar e promover o movimento antropofágico. Por meio deste estilo de vanguarda, buscou assimilar os elementos culturais mundiais, degluti-los e recriá-los ao inserir características nacionais.

Suas peças são conhecidas por trazer explosões em cores, dimensões assimétricas e exageradas, e por apresentarem temas sociais do Brasil. 

Uma das mais conhecidas é a icônica “Abaporu”. 

pintoras latinas

Crédito: wikipédia


FRIDA KAHLO (1907-1954)

A mexicana Frida Kahlo praticamente dispensa apresentações, não é verdade? Mas você sabia que seu trabalho ficou só mais conhecido a partir da década de 1970? Além disso, ela ficou mundialmente famosa não só como grande pintora, mas como ícone dos movimentos feministas e LGBT nos anos 1990. 

Com uma estética predominantemente surrealista, as telas de Frida Kahlo trazem à tona, principalmente, as tradições indígenas do povo mexicano e também são famosas por representar a mulher e sua luta. 

Ela também foi muito aplaudida por seus autorretratos, como é o caso de “Pensando na Morte”, de 1943. 

pintoras latinas

Crédito: tendmag


2 PINTORES LATINOS CONTEMPORÂNEOS E SUAS OBRAS MAIS CONHECIDAS

FERNANDO BOTERO (1932)

Fernando Botero é um artista plástico colombiano cuja estética figurativa é inconfundível, uma vez que apresenta uma identidade única que traz figuras e formatos roliços. 

Ele conseguiu não só ser um dos principais artistas do século XX, como também é hoje, com quase 90 anos, um dos grandes nomes da arte contemporânea. 

Sua peça “Bather on the Beach”, de 2001, explica um pouco por que Francisco Botero é um dos pintores latinos mais famosos da história da arte. 

pintores latinos

Crédito: wikiart


PÁJARO (1952)

Outro nome que vem fazendo sucesso na cena artística latina é a do pintor venezuelano Pájaro. Conhecido por trazer às suas telas questões como mistérios da mente e enigmas dos espíritos, a estética desta artista mistura elementos do  figurativismo com aspectos do surrealismo. 

Uma de suas telas mais famosas é “Jardín Bajo La Luz De La Luna”.

pintores latinos

Crédito: wkipédia

Fonte:laart.art


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête