Aprenda as gírias mais faladas em São Paulo e como usá-las:

São Paulo (estado) – Wikipédia, a enciclopédia livre
Estado de São Paulo no mapa do Brasil

Desenrolar uma fita

Significa resolver algum problema ou situação.

Preciso ir à casa da minha mãe desenrolar uma fita hoje.


Dois palitos

Algo rápido, que vai ser resolvido depressa.

Relaxa, eu faço aquele trabalho em dois palitos.


Embaçado

Dizer que uma situação ou lugar está embaçado é o mesmo que falar que é perigoso, difícil. Quando é usada em relação a uma pessoa, pode indicar que ela está atrapalhando algo.

Aquela rua é meio embaçada, melhor não passar ali.

O João está embaçando meu lance com a irmã dele.


Faz uma cara

É o mesmo que faz muito tempo. Paulistas também podem dizer “faz uma cota”, “miliano” ou “mili duque”.

Faz uma cara que não te vejo.


Fechou

Significa combinado.

– Bora sair hoje à noite?

– Fechou.


Foi mal

É o que os paulistas dizem quando querem pedir desculpas por algo.

Foi mal por não ter aparecido ontem.


Goma

É o mesmo que casa, lar.

Cola lá na minha goma mais tarde.


Mandrake

A gíria se popularizou com o funk paulista e é usada para definir uma pessoa ou algo cheio de estilo.

Aquele mano da rua de baixo é mandrake.

Esse pisante aí é mandrake.


Mano do céu

Expressão de espanto. Modo paulista de falar que pode substituir “meu Deus do céu”.

Mano do céu, não acredito no que eu vi.


Mano

Modo de chamar alguém. Seria o mesmo que “cara” ou “brother”, e pode ser usado para falar tanto com homens quanto com mulheres.

Como você está, mano?


Meter o louco (ou meter o loco)

Significa fazer algo inconsequente, que ninguém espera, sem pensar muito.

Estou querendo meter o louco hoje.


Miado

Dizer que um evento está miado significa que está desanimado, ruim, um fracasso. Também se pode dizer que algo vai miar quando as expectativas não são das melhores.

Aquele show de ontem foi miado.


Migué

É o mesmo que mentira, conversa mole. Também pode ser usado na expressão “dar um migué”, que significa enganar.

Nem vem com migué para cima de mim, que eu sei o que você fez.


Moiô

É o mesmo que falar que algo deu errado.

Moiô aquela saída de amanhã, vou ter que estudar.


Moscando

Significa que alguém está por fora, desatento, vacilando.

Se ficar moscando assim, vai acabar perdendo dinheiro.


Na faixa

É o mesmo que de graça, 0800.

A festa de amanhã é na faixa.

Fonte:dicionariopopular


Até mais!

Equipe Tête-à-Tête